quarta-feira, 12 de agosto de 2015

A Historia Aloisio

Meu nome é Angelita e sou casada com Alciomar há 18 anos, temos uma filha de 13 anos, Aline.  Resolvemos ter outro filho e apos 2 meses estava gravida. Estavamos muito felizes, e foi muito emocionante no primeiro ultrassom ouvir o coração batendo forte. Mas  aos 3 meses tive um descolamento de placenta quase perdi meu bebe, um susto tremendo, assim foram feitos ultrassons semanais para ver como estava o descolamento e num desses exames foi medido a nuca e deu  tn (translucência nucal) 3.3, um indício da síndrome de Down.  
No momento não nos assustou, deixamos de lado essa hipótese. Mas no próximo exame apareceu um higroma cístico na coluna cervical, mais uma evidência da síndrome e aí sim ficamos apavorados pois nada sabíamos sobre tal assunto, procurei na internet  fiquei quase louca em ver fotos chocantes e saber que meu filho teria Sindrome de Down. Então resolvemos fazer aminiocentese  para ter certeza se seria  Down e 1 mês de angústia se passou até que veio o resultado: você está gerando um Menino com Síndrome de Down. Susto, medo, desespero, por que eu? Assim foram dias se perguntando, sofrendo e tentando entender.
Aos poucos eu e meu marido fomos aceitando e procuramos conhecer o que era Síndrome de Down e fomos vendo que esse nome que nos assustava nada tinha de tão assustador e sim que teríamos uma criança como qualquer outra, além de algumas características que as tornavam um pouco diferentes. 
E a notícia boa foi na morfológica quando soubemos que nosso bebê não tinha o higroma cístico na coluna cervical era  o pescoço mais inchadinho...E a notícia  ruim foi que ele tinha problema no coração CIA com CIV e atresia de duodeno, intestino fechado foi um outro susto pois, sabíamos que ao nascer teríamos duas batalhas. 
Foram 4 meses de espera ansiosa para conhecer nosso Aloisio, nome dado em homenagem ao padre local conhecido por muitos milagres. 
Chegou o dia 2 de setembro de 2013, Aloisio veio ao mundo e ao vê-lo amei, amei incondicionalmente, amei e falei Senhor quanto sofrimento em vão. ELE  É LINDO, PERFEITO ao meus olhos de mãe coruja.
Mas, aí começou a luta, foi entubado e foi para UTI, após 3 dias fez a cirurgia de atresia de duodeno ficando na UTI por 20 dias, para piorar pegou uma bactéria. Após a alta da UTI  ficou uma semana na UCI com um acompanhamento especial antes da alta para o quarto e depois fomos para o quarto onde ficamos 4 dias  e enfim ALTA e VAMOS PARA CASA. 
 alegria, poderíamos curtir nosso lindo bebê. Foram 5 meses de muita alegria até a próxima cirurgia que seria do coração, dia 14 de fevereiro na cidade de Blumenau, Hospital Santa Catarina. Sem explicação esse momento MEDO,MEDO,MEDO. Foram 2 horas de cirurgia que pareciam uma eternidade até que veio Dr. Decio nos avisar que tudo havia corrido muito bem e que ele ja havia ido para UTI. Foi  uma recuperação relâmpago, 3 dias de UTI, uma semana de hospital, ACREDITAM? Tudo de bom, nosso guerreiro venceu indo para casa, SÓ ALEGRIA. Consultas mensais ao cardiologista eram necessárias e após 3 meses da cirugia em uma consulta para retirada da  medicação que tomava para o coração no exame constou que havia aberto pontos dados no coração do nosso anjinho. Saí  do consultório sem chão, não acreditando no que tinha acabado de escutar. Ao chegar em casa meu marido ficou em choque também marcando uma nova consulta para ter certeza. Fomos encaminhados ao cirurgião tendo dele a confirmação de uma nova cirurgia.
Dia 21 de junho mais um dia de tormento, angústia, desespero, medo. Nosso Aloisio entrou para cirugia e foram 4 horas  de espera intermináveis ate que veio Dr.Decio  nos avisar tudo correu bem, Enfim respirei aliviada, dei muito beijo no nosso anjinho na  hora que o levaram para UTI.
Na manha seguinte entramos para visita e imaginei encontrar meu Aloisio acordado como da ultima vez, mas me deparei  com meu Aloiso ainda sedado, respirando por aparelhos, fiquei em choque em ver meu filho todo inchado naquele estado.
Entao vieram nos dizer que ele não reagiu como  cirurgia anterior  que os rins haviam parado de funcionar, acumulou liquido no pulmão que seu estado era grave ate o momento.
Chorei muito, pensei que DEUS iria levar meu anjinho. Quando meu marido me falou  : Amor DEUS não nos deu um bebe especial para nos tirar agora ele veio para ensinar muito a nois temos muito a aprender com ele. Então se espalhou na internet o que nosso Aloisio estava passando e recebemos apoio  e orações de todos os lugares. No terceiro dia o rim voltou a funcionar, para a nossa alegria, e assim foi indo aos poucos,  reagindo e o próximo passo foi desentuba-lo, demorou um pouco no começo para respirar sozinho, mas conseguiu, foram 15 dias de hospital até podermos ir para casa curtir nosso anjinho. Hoje Aloisio esta com 1 ano e 11 meses teve consulta com cardio semana passada e está tudo ótimo com seu coração, noticia maravilhosa.

Vai fazer  2 aninhos no dia 2 de setembro com muita saúde graças a DEUS. Está muito forte ,  engatinha e logo logo estará andando segurando em nossas mãos. 

Nossa alegria, nosso presente de Deus. Essa é a historia do nosso grande pequeno guerreiro Aloisio.

Angelita , Mãe de Aloisio


Acesse também as redes sociais do Blog.

www.facebook.com/meufilhotemdown
www.twitter.com/meufilhotemdown
www.youtube.com/meufilhotemdown

Quer contar a sua história também? Mande um email para down@meufilhotemdown.com ou utilize o Espaço do leitor para enviar seu texto e fotos.




0 comentários:

Postar um comentário