domingo, 31 de maio de 2015

História de Mariana

Quando a Mariana nasceu fiquei muito preocupada, me questionava o que é realmente Síndrome de Down? Ainda na maternidade um medico me perguntou o que eu iria fazer agora com o bebe ........... eu não gostei da pergunta e respondi:  "acho que vou afogar no tanque quando chegar em casa". Nossa!!! Em meia hora tinha no meu quarto Assistente Social, Psicologa e varios médicos, então tive que explicar que estava brincando, que não gostei da forma como fui abordada por isso acabei falando isso.
Levei ela na APAE, com 10 dias de vida e lá fiquei apavorada! A Medica que me atendeu disse  que tudo que uma criança normal teria de doença  gripe tosse o dela seria muito maior, nossa fique muito preocupada e triste, acabei colocando muita roupa nela sempre e quando ia sair de casa com ela embrulhava, cobria e ela sempre chorava, foram 3 meses chorando. Levava ela no medico e não tinha nada. Ela adorava a hora do banho, mais quando acabava o banho ela começava a gritar, me desesperava com esse choro, até que um dia, eu totalmente esgotada, fui para casa de minha mãe, dormi durante 16 horas continuas, acordei e vi a Mari sentada no carrinho comendo uma erva doce,  só de fraldas, Nossa arranquei ela de la e coloquei macacão, ai ela voltou a chorar. Minha mãe questionou a proteção exagerada com roupas e eu expliquei a ela o que a médica da APAE me disse, e minha mãe não achou correto e escutei minha mãe, então tirei as roupas dela e nunca mais nunca ela chorou, ela tinha  CALOR. desde então estava sempre feliz, sempre se alimentou muito bem, desde que nasceu foi tratada com homeopatia.
Mari começou a andar com 1 ano e 4 meses, consegui tirar as fraldas com 2 anos de dia e de noite.
Com 4 anos ela foi para escolinha e sempre alegre, ela já falava palavras separadas, mas ainda não formava frases, num belo dia, escutando Jota Quest, ela canta "QUERO UM AMOR MAIOR"
 na mesma hora chorei de alegria. Este foi o inicio da fala e comunicação de Mariana
Entrou na escola estadual com 7 anos e fez a primeira serie, a segunda foi para Classe Especial, e ficou lá por 5 anos só que infelizmente  acabou. A inclusão parece fazer a diferença em escola particular, como não posso pagar ela estuda em Escola Pública e percebo que não tem atenção merecida, afinal uma sala com mais 30 adolescentes na classe torna-se impossível ensinar.
Mas vamos reforçando o ensino em casa, na Escola é muito amada e querida por todos,  as professoras só a  elogiam!
No mundo dela, cor de rosa,  ninguém tem defeitos. O que ela mais adora é maquiagem e tem muitas, ela já disse que dá para maquiar todas as mulheres do bairro. A Mariana é uma mulher muito gentil e ama animais, temos 4 gatos e um cachorro (adotado recentemente). 
Esse é um Pedacinho da vida de Mariana, Somos uma família feliz, a Mari sempre fala que ela tem 3 mães e um pai. 

Essa Foi a história de Nadia Lúcia Marangao, a mãe de Mariana. Quer contar a sua também?



0 comentários:

Postar um comentário