terça-feira, 23 de setembro de 2014

Coisas da Vida


Olá amiguinhos, tudo bem com vocês? Saudades de todos!!! Hoje estou aqui por um motivo muito muito especial, vamos ver se com palavras consigo afagar dores e ajudar com uma pedrinha que seja, a reconstruir um certo chão, um certo mundo.


É que as vezes a vida nos prega algumas peças, parece que de repente viramos marionetes nas mãos do Criador, aí a gente se desespera, xinga a Deus, se pergunta "Por que comigo?", blasfemamos até que fomos escolhidos a dedo para sofrer. Ledo engano, não somos únicos, assim como as nossas dores não são as maiores do mundo, mas são dores tão nossas que preenchem o nosso "mundo" e é a pior dor, o pior sentimento.
De repente estamos impotentes e nos sentindo preteridos por Deus. 
Mas, quando tudo parece estar destruído, vem um sorriso, uma lágrima de vibração porque tudo está dando certo, Deus está novamente nos pegando no colo e a gente começa a reconstruir nosso chão, nosso mundo.
Natielly foi diagnosticada com Leucemia, num rompante de segundos o mundo dos meus amigos Dan e Tony caiu, tudo ficou cinza e parecia que um ponto final havia sido colocado numa história onde o amor sempre se fez muito presente. Marionetes, "por que comigo?", choque, lágrimas e todos os piores sentimentos reunidos. Mas, se o Criador traça cada linha das nossas vidas nessa existência, se nada acontece por acaso, tudo se abranda e como um ser super iluminado a pequena princesa sem palavras, mas com inúmeros gestos e muita disposição diz: "Papai, Mamãe, estou aqui e vou vencer. Vamos vencer porque nos amamos e porque Eu preciso de muita emoção para passar por essa vida e afirmar que não sou Natielly por acaso".

A síndrome de Down que os assustou num dado momento e que "derrubou o mundo" que esperava uma tal de perfeição (como somos bobos né?!), hoje é uma grande aliada para reconstruir esse chão perdido, esse mundo destruído. 
A criança com down, quando acometida por um câncer como a leucemia têm inúmeras vezes mais sucesso na cura do que crianças ditas normais. O cromossomo a mais garante isso. 
Aí, diante de tantas crianças que tem câncer, de tantos pais que também perdem os seus chão e mundo, agradecemos ao Criador por ter um filho com Down, o que o ajudará a sair mais rapidamente dessa arte rabiscada, turva e cinza, onde fica difícil interpretar o que o Autor Maior quer contar através desse quadro intitulado VIDA!
VIDA para Natielly, vida colorida, vida de amor, vida de mais conquistas além dos corações que ela já domina.
Amamos você Naty!

0 comentários:

Postar um comentário