domingo, 2 de dezembro de 2012

Mãe faz Enem para ajudar filha deficiente intelectual

Uma mãe amazonense se inscrever no exame do ENEM com um objetivo bem diferente da que move a maioria dos candidatos, como ter um curso superior ou seguir a carreira dos sonhos. Ela quer ajudar a filha de 10 anos, que tem Síndrome de Down.
Ela escolheu fazer o curso de Psicologia dizendo: “Eu quero entendê-la melhor, quero ajudar no desenvolvimento e no crescimento dela. Com este curso superior, em especial, sinto que vou poder fazer isso melhor, além de ter o conhecimento para ajudar outras pessoas na mesma situação, com a sensibilidade de quem conhece o assunto de perto”.

A preparação não foi nada fácil. “Eu trabalho de oito da manhã até as 17h30. Depois do meu expediente, ia para o cursinho e só parava de estudar meia-noite, todos os dias. Além disso, ainda cuidava da minha filha e da minha casa”, declarou.

A mãe fez as provas no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), Centro, e, apesar das dificuldades que enfrentou, está confiante com o resultado. “Eu estudei bastante, sei que vou conseguir fazer este curso, minha motivação é forte”.

Opinião:

Uma grande mulher com certeza tem uma grande filha, o curso superior deve ajuda-la bastante, mas ela mesmo já deve "entender" da Síndrome de Down e da filha dela muito mais que alguns profissionais.

Essa notícia é grandiosa, a mãe está mudando sua vida, ela agora tem a gana de crescer profissionalmente. Uma criança sempre muda a vida dos pais, e sempre para melhor, pois podemos melhorar por dentro.

O problema somos nós que criamos.

Vamos abrir a cabeça e se libertar dos preconceitos, porque nossos filhos com Síndrome de Down ou não são capazes de mudar este mundo, depende de nossa educação e, principalmente, de nossos exemplos.







Fonte: http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2012/11/mae-faz-enem-para-compreender-melhor-filha-com-necessidade-especial.html

0 comentários:

Postar um comentário