domingo, 21 de outubro de 2012

Cada coisa em seu tempo.


A natureza é muito sábia, todas as crianças se desenvolvem no seu ritmo. Desde que começou a fisioterapia percebemos que os exercícios novos são rejeitados pelo nosso Gui, até que um dia ele resolve fazer por sua própria conta, óbvio que os estímulos ajudam muito, mas é ele quem dita seu ritmo.

Há pouco mais de 3 meses foi incluído na sua sessão semanal de Fisioterapia, movimentos que o ajudaria a caminhar, no início senti que seria difícil para ele, se chateava muito, chorava e a cada sessão reclamava mais. Tem momentos que esquecemos das coisas que já passamos, pois o Guigui fez a mesma coisa para engatinhar e no momento que ele quis, ele engatinhou com maestria.



Essa semana Guilherme mostrou que chegou a vez dele aprender a caminhar, está preferindo a posição de pé, se agarra no que puder para ficar ereto, contra 2 forças poderosas: a gravidade e a hipotonia. Mas ele faz isso com uma felicidade, um grande sorriso e satisfação. Parece que diz: "Como vocês são bobos, eu aprendo, mas só faço quando acho que é minha hora"


Essa gana de seguir o curso natural da vida está muito presente no seu desenvolvimento, nosso Guilherme demonstra personalidade forte e dita as suas regras no seu percurso.

Por mais que o estimulemos com terapias é ele quem vai nos dizer o momento de aprender e fazer as coisas.


Me pergunto sempre, para que pressa?

Não sei a resposta? Na verdade sei, todos nós sabemos.

0 comentários:

Postar um comentário