sábado, 14 de julho de 2012

Sorriso tímido? Cinema! Já?


Os meninos riem muito, cada um de uma forma muito particular.

Bernardo dá altas gargalhadas, mas não para qualquer um, ele escolhe quem pode ter o prazer de ver seu sorriso e essa escolha não tem um padrão certo, ele é muito seletivo.

Guilherme dificilmente recusa uma brincadeira, e ri timidamente para quem não tem muita intimidade e se ele realmente gostar da pessoa que está brincando ele começa a rir muito.

Uma forma que os fazem rir é contando estórias, sempre que faço as vozes dos monstros eles caem na risada, Alynne fica super preocupada com as estórias que conto, quando acrescento vampiros, lobisomens, bestas, lobos e outros atemorizantes, e eles riem sem sem parar.

Óbvio que eu sempre faço a estória terminar com um final feliz, os coloco como heróis que salvam mocinhas ou cidades dessas bestas e me recuso a contar alguma coisa bobinha.

O conto dos 3 porquinhos se tornou tão divertido com o lobo tocando terror que eles são apaixonados pelo livro ilustrado.

As vezes, quando contam alguma estória com vozes melosas eles ficam apáticos, sem entender. Desde cedo percebo que eles adoram aventuras com entonações sonoras nas falas dos personagens.

Ainda não levei Bernardo ao cinema, quero ver a reação dele. Meu Guigui foi ao cinema comigo assistir os Vingadores. Como assim?

Pais de gêmeos, eu queria assistir e não podia deixar a mamãe em casa com os 2, resolvi levar um deles. Guilherme dormiu logo após o início do filme, mas, quando o Hulk apareceu ele acordou, olhou para a tela do cinema e ficou de pé e de braços abertos, de olho em cada cena, parecia mesmo estar entendendo tudo, e acredito que estava. Esse pai aqui ficou besta demais; meu Gui é muito destemido, ele queria brincar com o Hulk! Depois dessa cena Guilherme ficou no meu colo vendo o filme, tenho certeza que adorou.

Sempre que falo que o meu Gui é o Hulk ele cai na gargalhada.

Vou levar Bê para o cinema também, depois conto aqui.

Ah, Guilherme tinha 8 meses quando assistiu seu primeiro filme.

0 comentários:

Postar um comentário