quarta-feira, 11 de julho de 2012

Primeiro Dia no Berçário

O dia amanheceu depois de uma noite recheada de pesadelos tipo: esquecer dos meninos no carro e entrar no shopping quando deveria tê-los levado ao berçário; acordei com taquicardia.

Em seguida, deixei-os no berçário mas esquecia de levar as mamadeiras. Deus, que noite!Mas, como disse antes, o dia amanheceu e a mamãe aqui com uma tremenda dor de barriga, dor de cabeça e mal estar. Arrumei a malinha deles umas 5 vezes no mínimo. Fiquei tipo barata tonta durante toda a manhã em casa até que chegou a hora de deixá-los no hotelzinho/berçário.

Não sei nem como consegui dirigir até lá, mas tudo foi muito tranquilo. Para os meninos ao menos, porque para mim....tive vontade de pegá-los nos braços e saí correndo para um lugar que fosse só nosso. Como é difícil viu, eis que se inicia em nossas vidas o velho processo de crescimento. Meus bebês começam a ir para o mundo!

O Bernardo (de quem eu esperava um choro rasgado, sequer me olhou, foi para os braços da tia e tchau mamãe, tô crescendo). O Guilherme (de quem eu esperava que grudasse em meus cabelos e colasse na minha bochecha) apenas olhou desconfiado para mim e para a tia do berçário como que dizendo "perai, eu quero o colinho da minha mamãe" (eu ansiosa esperando uma carinha de choro, um biquinho), também foi de boa para a salinha. Ficaram a tarde inteira, fui buscá-los e tudo estava tranquilo, as tias disseram que eles comeram super bem e dormiram um pouco.

A essa altura, a mamãe aqui não sabia mais se ficava feliz porque ao que parece os gêmeos não terão dificuldades em adaptar-se a nova rotina, ou se ficava triste porque caiu a ficha de que filhos não são bibelôs ou amuletos que agente guarda para ninguém se apossar. Filhos são nossa continuidade na vida.

Bernardo e Guilherme não choraram, são meus dois homenzinhos dando continuidade as nossas vidas,homenzinhos com 9 meses fora do meu ventre, homenzinhos surpreendentes, amores da minha vida.

2 comentários:

  1. Amigos, estou encantada com seu blog,uma maravilhosa fonte de pesquisa e os meninos cada dia mais lindos.Alynne,vou indicar seu blog para minhas professoras que trabalham nesta área e uma amigaque a filha também é down.Mil beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marize minha querida, obrigada por estar nos acompanhando e nos ajudando a espalhar o amor e o respeito!bj no coração

      Excluir