quinta-feira, 19 de julho de 2012

Hipotonia



A pessoa com Síndrome de Down tem hipotonia, que significa fraqueza muscular. A hipotonia varia de indivíduo para indivíduo, então uns podem tê-la de modo mais severo e outros podem apresentar uma leve hipotonia. Isso quer dizer que é preciso fazer um pouco mais de esforço para desempenhar movimentos que são corriqueiros. Desde cedo o Gui apresentou uma leve hipotonia, as sessões de fisioterapia foram necessárias e começaram quinzenais do seu primeiro mês de vida até o sétimo mês.


Hoje as sessões são semanais e a fisioterapeuta nos dá orientações para que nas brincadeiras com o Gui, em casa, façamos alguns exercícios para fortalecer a sua musculatura, que do jeito que vai teremos um Gui com abdômen tanquinho, por exemplo (risos).

No início estar presente nas sessões de Fisio era muito doloroso, Guilherme reclamava muito até cair no choro de desespero, dá medo, muito medo ser expectador nesse momento, ficava pensando comigo mesmo "ele vai conseguir; é preciso passar por isso; é para o bem dele, temos que ser fortes". Foi muito difícil, até pouco tempo a Alynne chorava junto com ele, mas não é que o danado do Guigui estava dando conta, as reclamações diminuíram e ele realmente evoluiu. Os avanços são cada dia mais visíveis e sem precisar sobrecarregá-lo de atividades, afinal ele ainda é um bebê.

Ter Bernardo e Guilherme ao mesmo tempo é um ensinamento contínuo de que cada ser humano é singular e por isso tem o seu tempo para realizar as coisas.

Quanto orgulho eu sinto quando meus filhos aprendem algo novo. Bê aprende alguma coisa nova e depois de um tempinho o Gui também faz a mesma coisa, é engraçado que em muita coisa Guilherme se adiantou, como rolar no berço e balbuciar letras. Agora o Bê já engatinha a casa inteira e sustenta-se sozinho de pé apoiando-se no sofá, nas cadeiras, nos móveis e até se arrisca em querer soltar-se e as quedas são inevitáveis. Bernardo e seu espírito explorador vai segurando em tudo para conhecer o mundo. Parece que um chama o outro para se desenvolverem juntos, é muito lindo de ver.

Hoje os 2 estavam na posição de gatinho (de 4) ambos pegaram um brinquedo e sentaram, juntos, coisas de gêmeos, assim como umas conversas indecifráveis entre eles, risos que só entre os dois mesmo deve haver algum entendimento.

Guilherme já senta, já sai da posição de sentado e fica de gatinho e vice-versa, dá alguns passos (engatinhado) mas percebemos que ele curte muito brincar sentado ainda, acho que ainda não despertou o espírito explorador de Bernardo.


Cada um tem seu tempo.

0 comentários:

Postar um comentário