Nos Acompanhe

Siga o blog nas redes sociais!

Meu filho tem down

Acompanhe diariamente em nosso blog histórias e relatos de amor que superam qualquer diferença

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Danação tem Sobrenome

Olá amiguinhos tudo bem? Vamos falar de Danação, quem é nordestino sabe do que estou falando, é uma palavra bem regionalizada para definir sapequice, conhecida no país inteiro.


Gente, não sei dizer e aí vocês podem me ajudar, será da fase, da idade de 5 aninhos ou ciúmes porque a irmã nasceu e inevitavelmente, por mais que eu me desdobre, a atenção para eles não é mais a mesma? Olhe, vou dizer viu, não está fácil não. Eles não perderam a doçura, o carinho, o amor, a obediência, mas eles juntaram a isso uma danação daquelas.
O Bê, como gosta muito de desenho animado e de interpretação, acaba sendo menos difícil de controlar, porque ele passa muito tempo se fantasiando e imitando seus personagens, mas o Gui, caramba, ele não pára, adora brincar com mil e uma bolsas, malas, mochilas de lembrancinhas de aniversário (que aqui em casa deve ter no mínimo umas 20) e sobe e desce as escadas aqui de casa no mínimo umas trinta vezes por dia, é muita energia, ele imita que está viajando, enche as "palas" de coisas, calça sapatos, se eu deixar pega minhas roupas, tira coisas de casa do lugar, derrama suco, troca de cueca umas dez vezes, ufa, o guri tem mais energia que uma hidrelétrica.


E quando os dois se juntam, ah, aí o negócio fica mais excitante, um mexe com outro, se encrencam, se resolvem, bagunçam, dão tantas gargalhadas e ao mesmo tempo arrumam confusão. Um grita: mamãe Gui tá me seguindo. O outro: mamanhê "Pitato" bateu. 
E ainda tem Bernardo chorando por tudo e por nada, aprendeu agora a dizer que não queremos que ele seja feliz (isso porque ele tem ficado de castigo, sem iPad e sem TV), enquanto Guilherme também tem penado por longos minutinhos em doses homeopáticas para ver se se aquieta um pouco.

Por isso que o sobrenome desses mocinhos é Danação, porque eles não param.


No fim da história, tudo isso é super legal, é saúde, é vida, apesar de termos "raiva" em determinados momentos, mas logo passa porque o amor por esses danados é maior que tudo nessa vida.
Vida essa que vivemos para eles e por eles. 
Vida em torno de um amor que vai além de qualquer diferença. 


terça-feira, 29 de novembro de 2016

Resveratrol como Suplemento para Pessoa com Síndrome de Down

Olá amiguinhos tudo bem? Hoje estamos trazendo para vocês um pouquinho sobre uma substância que pode auxiliar no desenvolvimento cognitivo de nossos filhos. Vamos lá:

Nas pessoas com Síndrome de Down há um descontrole da expressão gênica causado pela trissomia do cromossomo 21 (não gostamos de falar tão cientificamente, nós temos 2 cromossomos 21 as Pessoas com Down tem 3 cromossomos a expressão desses genes é maior). E o cromossomo 21 possui alguns microRNAs que também têm por função a repressão de genes. Há vários deles já relatados que possui muitos efeitos negativos na Síndrome de Down. Esse microRNA já foi identificado como superexpresso em pessoas com SD e por ter este efeito, há linhas de pesquisas sugerindo que a superexpressão dos microRNAs pela trissomia do cromossomo 21 resultaria na diminuição de proteínas específicas que contribuem para as características da SD como deficiência cognitiva, defeitos congênitos do coração, anormalidades craniofaciais, alterações gastrointestinais, leucemia na infância, baixa resposta imune, Alzheimer prematuro, risco para tumores sólidos e doenças cardiovasculares.
A partir de todos esses pontos que envolvem esses MicroRNA's, a substância conhecida como RESVERATROL que é um composto antioxidante associado a redução de problemas cardíacos e longevidade, vem se apresentando como um forte aliado para um tratamento contínuo.
Um dos principais efeitos do RESVERATROL é a atenuação da inflamação e redução do estresse oxidativo controlando geneticamente a expressão das enzimas oxidativas. Diminui a injuria nos rins. Apresenta ótimos efeitos no combate e controle da diabetes. Ajuda na redução da obesidade porque estimula uma perda calórica e potencializa o efeito da vitamina D. Melhora a condição óssea – osteosporose. Estimula a angiogênese (vascularização) e neurogênese (crescimento neuronal) em cérebro com isquemia. Reduz a arritmia cardíaca. Inibe a replicação de rinovírus, uma das causas de resfriados. Auxilia na atenuação de infecções respiratórias. Melhora a concentração e o cognitivo.

Trata-se de uma substância retirada de frutas (como uva e mirtilo) que é encontrada também no vinho.

Recentemente iniciamos o uso em Guilherme do RESERVE, um blend de Frutas à base de romã, mirtilo, uva, cereja e açaí, que tem como princípio ativo o Resveratrol, e não tem corantes ou edulcorante artificial, não contém glúten, podendo ser usando diariamente e é uma delícia.

A dose de um sachê é segura (cerca de 186mg de Resveratrol) pode usar até 500mg/dia.

É vendido em embalagens com 30 sachês e deve ser usado pela manhã (melhor horário de absorção).

O custo benefício é excelente, tanto que passamos a distribuir também este produto.

Para usar este suplemento em seus filhos ele pode ser comprado no site: www.alynnefranca.jeunesseglobal.com ou pelo telefone: ‪79-99864-9512‬ (whatsapp-Alynne) (entregas em todo o Brasil).


Os dados acima descritos foram retirados da publicação do site Singularidade Down que possui embasamento em pesquisas científicas, no link você pode verificar todos os artigos.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Data Marcante

Olá amiguinhos tudo bem? Quase três meses em atraso, mas não posso deixar de falar com vocês sobre os 5 anos dos meus príncipes. Adoro aniversários, comemorações, mais um pouquinho de grana e em cada data especial viveria dando altas festas. Não custa nada sonhar não é?! (Risos).
Mas, vamos lá, vejo 5 anos como uma data marcante porque percebo uma transição, eles realmente estão crescendo e a cada ano é muito gostoso perceber cada mudancinha e um amor que só aumenta.
Os meninos, assim que acaba um aniversário já estão pensando no próximo, na verdade, até aqui Bernardo sempre vinha escolhendo o tema e induzindo Guilherme a se apaixonar pela idéia dele também, só que para os 5 anos foi bem diferente, eu queria Mickey, mas fui voto vencido, Bernardo havia pensado no Barney (e eu já louca pensando como iria arrumar isso), no entanto, como um verdadeiro príncipe, vem Bernardo e diz: mamãe, já falei com Guigui e disse que é para ele escolher nosso aniversário.  Eu pensei: esse meu filho não existe, tão pequeno e tão perspicaz, tão dedicado e amoroso - mamãe pira nele. 
E aí o Guilherme que já está todo entendido, todo falante, todo crescido da mamãe escolheu a Peppa Pig como tema, ou melhor, o George Pig. Os dois adoram, eu a essa altura preocupada de que ficasse infantil demais, opa, eles são crianças, eles são infantis, eles vivem sonhos, acreditam em Papai Noel, Duendes, Fadas, coisa mais linda e eu amo isso neles.
A questão é que a essa altura eu estava à espera de Helena, então seria tudo diferente mesmo, porque impossível organizar tudo como sempre fiz e amo estando à beira de parir e no dia da festa com uma bebezinha de menos de 2 meses. Aí contratamos uma "fazedora de sonhos", de pequenas a grandes festas ela é sempre muito caprichosa, dedicada, coloca amor em cada detalhe, o engraçado é que fomos colegas no grupo de dança da universidade e ficamos alguns minutos tentando lembrar de onde nos conhecíamos, o cerimonial da Patrícia se chama Malena Festas Infantis e a Paty também responde pelo Maria Antonieta Cerimonial, especialista em casamentos, coisas lindas saem da cabeça dessa moça.
E então nasceu a festa mais fofa do planeta, comemoração na escola, com os amiguinhos, os avós, a prima, dois dos quatro tios que eles tem, foi muito gostoso. 
Eles ficaram mega felizes, Bernardo extremamente encantado com tudo e Guilherme pura empolgação. Além do prazer de estarem na escola com a irmãzinha que acabou de nascer, sim Helena deu sua primeira saída oficial pra prestigiar o niver dos irmãos. 
Ah, sem contar que no dia seguinte ainda rolou festinha em casa com outros amiguinhos.
E aí gente, é isso, amor que transborda, desde o pensamento a execução. 
Foi lindo!

domingo, 6 de novembro de 2016

Cidadania!

Olá amiguinhos tudo bem?!
Hoje temos uma lição de cidadania em nosso blog. Vamos apresentar a vocês a Gabi que é de Suzano/SP. Ficamos felizes de saber um pouco da história da Gabi e de como sua mãe, a Roseane, se relaciona com a filha de acordo com sua idade, sem superproteger, e mesmo assim amando-a incondicionalmente.

Lembram que já conversamos por aqui sobre autonomia ( Aqui! e Aqui!), infantilização e coisas do gênero? A Gabi é um exemplo contrário a tudo que poderia fazer dela uma "menininha" da mamãe; tudo bem que para nós, pais, filhos sempre serão nossos bebês, mas isso no sentimento, na prática, filhos são para o mundo e queremos que eles cresçam independentes e felizes.

Esse ano a Gabi exerceu um grande papel enquanto cidadã, votou pela primeira vez em candidatos escolhidos por ela. Por lá o processo eleitoral teve dois turnos e a Gabi participou dos dois, fez suas escolhas como cidadã que participa dos movimentos de sua cidade. Isso se chama independência, autonomia, afinal, todos nós enquanto pessoas queremos ser úteis.

Parabéns Gabi, parabéns Roseane, por nos mostrar que independente da deficiência a Eficiência é o que prevalece.


Siga-nos nas redes sociais:

www.facebook.com/meufilhotemdown
www.youtube.com/meufilhotemdown
www.twitter.com/meufilhotemdown

Alynne Oliveira
alynne@meufilhotemdown.com




quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Show de Talentos

Olá amiguinhos tudo bem?!
Queridos hoje estou aqui explodindo de orgulho mais do que sempre porque como vocês sabem sou uma mãe suuuuper coruja e agora mãe de três haja espaço para tanta corujice.
Mas, vamos aos fatos, deixa eu contar e vocês vão vibrar comigo também.
Aconteceu um Show de Talentos na escola dos meninos, foram vários ensaios e o Bernardo sempre chegava em casa nos contando que iria se apresentar contando adivinhações e cantando a música do Show da Luna (desenho animado puramente brasileiro que eu adoro) e eu babando o Bernardo porque ele ensaiava para que eu visse como iria ser no grande dia. Aí eu perguntava: Gui e você vai fazer o que? Bernardo se antecipava algumas vezes e respondia: mamãe Gui vai dançar a musica da D. Aranha. Incansavelmente eu perguntava e ou Gui dizia "Alanha". Ok, parei de perguntar e no dia do Espetáculo lá fomos toda a família assistir, até Heleninha.
O show começou, lindamente todos da turminha cantaram e dançaram o Show da Luna, meu Bernardo lindamente contou as advinhações e ver a desenvoltura dele no microfone foi o máximo (foi tão lindo, tão fofo, tão gostoso de ver e ouvir a risada dele).
Prosseguindo os shows teve um momento que chamaram os equilibristas e lá vem meu Guigui e outros coleguinhas andando na corda perfeitamente como ensaiou e equilibrando um brinquedo feito com garrafa peti. Ok, eu já estava toda besta mesmo com meus artistas e encantada porque a escola colocou exatamente todos os alunos para fazer algo. Na turma dos meninos têm um garotinho que tem autismo, tem meninos mais tímidos e cada um teve sua participação. Isso é respeito.
Mas, o show não tinha acabado, para nossa surpresa a "apresentadora" (umas das professoras fantasiada e animadíssima) falou: Senhoras e senhores, o show não acabou não, agora teremos uma apresentação dele (nessa hora nem passou na minha cabeça de quem se tratava) que vai animar essa galera, com vocês GUILHERME, cantando a música da D. Aranha. Gente, esse guri entrou no palco, ajeitou o microfone e mandou ver, além de cantar se requebrou todo, balançou os cabelos, um artista e para finalizar a canção ainda teve um gritinho de "UHUUUUU" a essa altura eu queria chorar de tanta emoção, rir de felicidade, apertar meu pequeno, dar mil beijos e ufa, eu não me cabia porque a surpresa foi grande.

 Em casa ele interpreta, se fantasia, canta, mas em público sempre batia aquela timidez e como as questões da fala ainda não tem 100% de coerência me surpreendi mesmo com tanta desenvoltura e exposição. 
Para o Guilherme diversão, para mim e Murillo mais uma conquista do nosso pequeno que cada dia nos mostra o quanto ele é cidadão do mundo, o quanto que vai seguir conquistando seu espaço, ninguém vai poder dizer ao Gui que ele não é capaz ou que não vai fazer isso ou aquilo, temos essa certeza, porque desde muito cedo esse pequeno nos diz muito da sua personalidade forte e regada de muito amor e carinho.
Meus filhos têm muito talento!!!!




sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Uma Flor em nosso jardim

Olá amiguinhos tudo bem?! Eita que tem é tempo que nos falamos viu. Se algum de vocês visitaram nosso canal no YouTube sabem que esse sumiço tem motivo e que esse motivo que durou 38 semanas chegou em nossas vidas há 90 dias. Sim, Helena nasceu! Bernardo e Guilherme ganharam uma irmãzinha!
Pessoal, vocês não fazem idéia da reviravolta em nossas vidas, não nos programamos para Helena, na verdade não esperávamos ser pais naturalmente, mas o presente foi mais que belo e estamos muito felizes; todo a agonia vivida nos primeiros dias da notícia de que eu estava grávida (sim, ficamos em choque e nos perguntando como iríamos ter mais um filho, mais uma escola para pagar, mais despesas) passou, já pedi perdão olhando nos olhinhos da minha princesa porque ao invés de somente festejar a mamãe aqui ficou louquinha pensando em como iria ser fazer outro enxoval e como iria ser reorganizar a estrutura de casa. Como somos tacanhos, materialistas. Enfim, mas ser humano é assim mesmo, o bom é que temos tempo para as correções necessárias. 
Nosso amor cresceu, nossos meninos são apaixonados pela princesa e não rolou a tal crise de ciúmes, eles são parceiros, me ajudam a cuidar da irmã e fazem questão de estarem sempre juntinhos dela.
Agora estamos adaptados as noites sem dormir e a rotina corrida de ter filhos sem babá pra dar aquela mãozinha, somos eu, Murillo, eles e às vezes uma vovozinha aparece, ou alguma titia, e assim vamos vivendo nosso intenso, puro e verdadeiro AMOR.
Somos 5!